dieta-perigosa

Além de nos submetemos a cirurgias extremamente arriscadas, somos bombardeados por uma série de dietas perigosas e enganadoras que prometem combater a obesidade.

Quase todas são ineficazes.

Elas não funcionam porque não importa quantos quilos você perca enquanto está de dieta: todos voltam assim que as dietas acabam.

Medir porções e tentar ingerir menos calorias, o que costumamos chamar de dieta, não resultam em uma perda de peso permanente e em geral piora a situação a longo prazo.

Esse tipo de “dieta” diminui temporariamente sua taxa metabólica, o que acarreta em um ganho de peso ainda maior ao sair do regime.

Você fica mais gordo do que era antes.

Isso faz com que muita gente entregue os pontos e diga:

“Eu tentei de tudo e nada funcionou, deve ser genético. Quem não desistiria se estivesse no meu lugar?”

Você talvez já sabia que a “solução” convencional para o sobrepeso, dietas hipocalóricas, não funcionam.

Mas talvez você não saiba por quê.

A resposta é simples, embora frequentemente ignorada: a maioria das pessoas não engorda por causa da quantidade de comida ingerida, e sim pelo que elas comem.

A ideia de que as pessoas ficam gordas porque consomem uma grande quantidade de comida é um mito.

Comer grandes quantidades do alimento certo é o segredo do sucesso e é isso torna o plano eficiente para o resto da vida.

O que faz tanta gente engordar não é o fato de comer muito, mas o fato de que boa parte das calorias consumidas vem de gordura e carboidratos refinados e de alimentos com poucos nutrientes.

Essa dieta pobre em nutrientes cria um ambiente celular favorável ao aparecimento de doenças.

Independentemente do seu metabolismo ou genética, você pode ter um peso normal desde que inicie uma dieta rica em nutrientes.

Considerando que a maioria das pessoas é obesa, não dá para dizer que o problema seja prioritariamente genético.

Embora os genes tenham lá sua importância, atividade física e escolhas alimentares desempenham um papel muito mais relevante.

Em estudos feitos com gêmeos idênticos com tendência ao sobrepeso, cientistas descobriram que a atividade física é o principal fator determinante do percentual de gordura corporal e abdominal de uma pessoa.

Mesmo pessoas com forte histórico familiar de obesidade conseguem perder peso de modo eficaz quando aumentam o nível de atividade física e mantêm uma dieta apropriada.

Na grande maioria dos casos, as pessoas engordam por fazerem pouca atividade física combinada a uma dieta hipercalórica e pobre em nutrientes.

A principal vilã é uma dieta cheia de alimentos com pouca fibra e muita caloria, como óleos e carboidratos refinados.

Enquanto você comer comidas gordurosas e carboidrato refinado será impossível perder peso com saúde.

A combinação viciosa de um estilo de vida sedentário e o consumo de comida “tipicamente” americana (rica em gordura, pobre em fibras) é o principal motivo da obesidade.

 

Post Author: Blog - Emagrecer com Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Leia Também...

Por-que-a-maioria-das-dietas-falham

Por Que A Maioria Das Dietas Falham

A imprensa, os livros de dieta e até mesmo boa

fome-verdadeira

Fome Verdadeira

Vamos conhecer mais um pouco sobre “Fome Verdadeira”, leia nosso

medo-de-passar-fome

Medo de Passar Fome

Uma Importante Descoberta Muitas pessoas temem a fome. Parece absurdo

Curta Nossa Página no Facebook!!!